O Ensino Básico é carente em alguns aspectos e o PPGCTED vê a necessidade de melhorar a qualidade do corpo de professores das áreas de Ciências e Matemática, deficiente na Metade Sul do Rio Grande do Sul, como seu objetivo fundamental. Esta região é formada por vinte e três municípios e tem a cidade de Pelotas como pólo regional. Pelotas apresenta um IDEB de 3,6 que se caracteriza como média regional. Tem expressiva população escolar com mais de onze mil alunos em Educação Infantil, cento e trinta mil em Ensino Fundamental e cerca de três mil alunos no Ensino Médio. O INEP aponta ainda uma população escolar de mais de cento e setenta e cinco mil alunos e cerca de trinta mil professores distribuídos em nossa região na Educação Básica. Os níveis preocupantes apresentados na aprendizagem, não só nas áreas de Ciências e Matemática, como mostram o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA) tem mostrado a necessidade do oferecimento de cursos e eventos de formação continuada aos professores em geral e em nosso caso, para os municípios de nossa região. O Campus Pelotas - Visconde da Graça, através do Programa Núcleo de Estudos em Ciências e Matemática (PRONECIM), sensibilizado por esta demanda, oferece desde 2005 cursos e eventos de formação continuada para professores de Educação Básica das redes municipal, estadual e Federal da região. Através de debates entre os membros do Núcleo e outros professores do campus e, levando-se em consideração a conexão entre o Ensino de Ciências e Ensino Profissional e Tecnológico, esta experiência culmina nesta proposta de um curso mestrado. Assim, na área de concentração Ensino de Ciências, o Mestrado Profissional em Ciências e Tecnologias na Educação têm como propósito focar seus estudos e pesquisas nos fundamentos teóricos e nas práticas didático-pedagógicas das áreas de Química, Física, Biologia e Matemática e o aporte de tecnologias aplicadas às práticas educacionais.